sexta-feira, maio 24, 2024
HomeNoticiasSuspeito de assassinar jovem por estrangulamento em Manaus é preso

Suspeito de assassinar jovem por estrangulamento em Manaus é preso

O suspeito foi encontrado por policiais em Curitiba, no Paraná, onde foi preso, e deve ser encaminhado para a capital amazonense.

Manaus (AM) – O homem, com identidade ainda não revelada, suspeito de assassinar a jovem Silvane dos Santos Costa, de 25 anos, foi preso, nesta segunda-feira (24).

A vítima foi morta por estrangulamento na rua Cristóvão Colombo, no bairro Zona Esperança, na Zona Oeste de Manaus no dia 12 de outubro.

O suspeito foi encontrado por agentes da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), e pelo Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP) em Curitiba, no Paraná, onde foi preso. O homem será encaminhado para a capital amazonense.

Relembre o caso


Silvane dos Santos Costa, de 25 anos, foi morta por estrangulamento. Essa é a conclusão de laudo do Instituto Médico Legal (IML), depois que, seu corpo foi encontrado por familiares em uma residência, onde morava sozinha, na rua Cristovão Colombo, bairro Nova Esperança, zona Oeste da capital amazonense.

O corpo da jovem foi encontrado na tarde do dia 11 de outubro.

De acordo com o laudo do Instituto Médico Legal (IML), a causa morte aponta para “constrição cervical” e “asfixia mecânica”. Os familiares disseram que ela estava há dois dias sem contato com a família.

No do dia do crime, a polícia chegou a cogitar a hipótese de a jovem tivesse ingerido alguma substância química que tivesse causado a morte.

Segundo o delegado Fábio Silva, da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), moça “estava vestida com uma roupa de festa e estava sem calcinha. A principio não foi encontrada nenhuma marca de violência pelo corpo. No celular dela não foi encontrado”, disse.

Conhecidos da jovem, no município de Urucará (distante 259 quilômetros de Manaus), chegaram a postar nas redes sociais pedidos de justiça.

“Meus sentimentos à família e amigos! Que não deixemos esse crime impune. Que não seja apenas mais uma triste estatística de homicídio. #QueaJustiçaSejafeita #UrucaráLuto” disse Yan Dillan.

Mais Lidas