sexta-feira, maio 24, 2024
HomeNoticiasNíveis de blindagem: Marcelo Band explica os tipos de blindagens para veículos

Níveis de blindagem: Marcelo Band explica os tipos de blindagens para veículos

Você sabe como funciona a operação de blindagem de carros? Como comenta o proprietário da Nova Band Multimarcas, Marcelo Band, o processo de blindagem é fundamental para a segurança dos ocupantes do veículo, visto que há a aplicação de materiais balísticos internos para que haja uma proteção externa. Todavia, o que muitos desconhecem são os níveis de blindagem que variam conforme as necessidades dos clientes e o seu orçamento. Sendo assim, se deseja conhecer melhor essa operação de reforço, assim como os seus tipos, leia este artigo até o final!

Níveis de blindagem

Mas como podemos denominar esses níveis? O empresário Marcelo Band menciona que os níveis de blindagem podem ser classificados conforme sua capacidade balística, assim como quais armas e calibres a blindagem pode suportar. Podemos mencionar também que esses níveis se elevam mediante a maior proteção atrelada ao motorista e aos passageiros, sendo os níveis mais altos, mais resistentes que os inferiores. 

Nível I

Como se trata do primeiro nível, essa operação é considerada mais leve do que as que serão mencionadas posteriormente. Assim, como explica o fundador da Nova Band Multimarcas, Marcelo Band, esse nível possui resistência apenas para armas de menor calibre, tais como: revólveres 22 e 38. Por possuir um nível de proteção muito baixo, o custo do serviço também é inferior, porém não tão procurado pelos clientes, já que a criminalidade cresce gradativamente no Brasil e no mundo.

Nível  II – A

Quando comparado com o nível I, o nível II possui diferenças no que diz respeito à espessura e capacidade balística do vidro. Tendo um preço mais elevado do que o nível citado anteriormente, o nível II de blindagem suporta armas de calibre 9mm e Magnum 357, mas o seu orçamento se tornou muito superior para o que ofertava, isso devido os avanços tecnológicos que tornaram o material opaco e as mantas de aramida mais caras no mercado. 

Nível III – A

Já se tratando do terceiro nível de blindagem, verificamos que sua proteção já começa a ter uma maior qualidade, isso porque é resistente a qualquer tipo de arma de mão, com os mais variados calibres — fazendo desse tipo de blindagem a mais preferida dos brasileiros, se tornando um padrão de consumo. O empresário Marcelo Band entende que o principal diferencial dessa blindagem está no seu material, em que o aço e a aramida foram substituídos pelo composto balístico UDura, de material mais leve e resistente.

Nível III

O nível III de blindagem, possui resistência a armas de fuzil, logo passa a ter seu uso restrito, sendo necessária uma autorização do Exército Brasileiro e apresentação da ficha criminal. Como considera o empresário Marcelo Band, esse nível de blindagem suporta armas tais quais a AK-47, logo é visível que trata-se de um tipo de blindagem muito mais resistente, agregando um peso maior ao veículo. 

Nível IV

Caso você não saiba, a renomada empresa Nova Band Multimarcas oferece aos seus clientes um excelente serviço de blindagem, comportando todos os níveis legais aqui mencionados — sendo referência como agência de carros em Santana de Parnaíba. No que diz respeito ao nível IV de blindagem, é importante sabermos que é proibido no Brasil, sendo de uso restrito para as Forças Armadas e chefes de Estados, pois sua resistência é eficaz contra granadas e armas mais pesadas, de uso militar.

Mais Lidas