sexta-feira, maio 24, 2024
HomeNoticiasJustiça manda soltar motorista que ultrapassou sinal vermelho em acidente que matou...

Justiça manda soltar motorista que ultrapassou sinal vermelho em acidente que matou jovem, em Manaus

De acordo com o Tribunal de Justiça do Amazonas, o motorista foi liberado após pagar fiança de R$ 7 mil. Além da jovem de 18 anos, que morreu no local, um motorista de aplicativo ficou ferido e está internado em estado grave.

O Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) mandou soltar o militar do Exército Yan Danrlei Ferreira Rozendo, de 28 anos, suspeito de envolvimento em um acidente que matou uma jovem de 18 anos e deixou um motorista de aplicativo ferido em Manaus, na noite de sexta-feira (14), na Avenida Getúlio Vargas, Centro.

Testemunhas relataram à Rede Amazônica que o veículo, conduzido por Yan, teria ultrapassado o sinal vermelho e atingiu o carro de aplicativo. Com a colisão, o motorista e a jovem foram arremessados para fora do automóvel.

Após o acidente, policiais conduziram o motorista ao 1º Distrito Integrado de Polícia (DIP), onde ele ficou preso.

Conforme o TJAM, o militar foi solto após pagar uma fiança de R$7 mil e recebeu aplicação de medidas cautelares – incluindo o comparecimento mensal em Juízo e a proibição de sair do Estado do Amazonas sem prévia autorização judicial. O suspeito responderá a processo criminal.

O Tjam ainda apontou que o teste de alcoolemia não apontou que o militar estivesse embriagado. No entanto, na ocasião da audiência, ainda não haviam saído os resultados do exame toxicológico.

O acidente
O acidente aconteceu na noite de sexta-feira (14), após segundo testemunhas, Yan, ultrapassar o sinal vermelho e atingir um carro de aplicativo. Com a colisão, o motorista e a jovem foram arremessados para fora do automóvel.

A jovem morreu na hora e o homem foi atendido por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). Ele foi encaminhado ao Hospital João Lúcio, na Zona Leste de Manaus, em estado grave.

Não há informações sobre o estado de saúde atual do motorista de aplicativo.

Mais Lidas